Blog

A rinoplastia reparadora pode ajudar a manter um nariz harmonioso, mesmo após traumas.

Rinoplastia reparadora: o que é e quando é indicada?

POR drerickoliveira | jun 20, 2022 | Dr Erick Oliveira, Rinoplastia

A rinoplastia reparadora é um procedimento que pode ajudar os pacientes a corrigir possíveis traumas na região nasal. Assim, estamos falando de uma cirurgia delicada, que requer vários cuidados. 

Isso porque, uma Rinoplastia tradicional já é um procedimento capaz de modelar o nariz e alterar a estrutura até um resultado desejado. Inclusive, deve ser feita por um Especialista em Rinoplastia

No caso da reparadora, a ideia é justamente ajustar uma estrutura que já sofreu algum tipo de dano, doenças e afins. Ao longo do conteúdo explicamos mais sobre esse processo e suas particularidades. Acompanhe e boa leitura! 

Afinal, o que é a rinoplastia reparadora?

A rinoplastia reparadora é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo reparar danos no nariz. Dessa forma, ela restaura casos em que a estrutura nasal sofreu lesões por acidentes, traumas, doenças ou questões congênitas. 

Ou seja, ela não tem como foco apenas questões estéticas, uma vez que a própria cavidade nasal danificada pode causar distúrbios respiratórios. 

Dessa forma, o procedimento é feito para remodelar a estrutura nasal, trabalhando com a cartilagem e parte óssea.

Mas, antes de tudo, é fundamental pontuar que esse não é um procedimento fácil. Logo, é preciso contar com um profissional especializado que seja capaz de tomar posicionamentos seguros.  

Como a rinoplastia reparadora é realizada?

O processo de uma rinoplastia reparadora começa com consultas com um especialista, para que esse profissional examine toda a região. Assim, ele terá noção sobre o que pode ser feito em cada caso. 

Do mesmo modo, é normal que o paciente realize exames laboratoriais para entender como está a saúde. 

É o caso de exames de imagem, como a tomografia para saber como está a estrutura interna do nariz. Esses exames são importantes para garantir a segurança da pessoa durante a cirurgia. 

Além desse acompanhamento, ao chegar o momento da cirurgia, a pessoa passa por uma anestesia geral. 

Assim, o cirurgião realiza incisões para conseguir levantar a pele e ter uma visão ainda mais clara da estrutura nasal. Logo, ele fará todas as modificações necessárias, para remodelar esse nariz da forma como é possível. 

Por fim, com toda a estrutura interna feita, ele fecha as incisões e coloca um curativo externo apenas para controlar o inchaço do nariz e manter tudo protegido. Em seguida, temos o pós-operatório, que é o momento de recuperação. 

A rinoplastia reparadora é uma opção para corrigir danos no nariz.

Quais problemas podem ser corrigidos com esse tipo de procedimento?

Como explicamos, a rinoplastia reparadora tem como intuito corrigir possíveis danos causados à estrutura nasal. Sendo assim, ela pode ter como foco resolver demandas estéticas e funcionais. 

Por exemplo, dependendo do tipo de trauma, pode ser que a capacidade respiratória da pessoa diminua. Com isso, haverá problemas até mesmo durante o sono, afetando a qualidade de vida.

Além disso, há casos em que o dano causa deformidades, alterando o formato natural do nariz. Logo, o procedimento pode ser uma forma de chegar até um resultado mais harmônico, que ajuda na autoestima da pessoa. 

Contudo, é preciso pontuar que essa técnica é bem mais complexa e nem sempre todas as expectativas podem ser atendidas.    

Quais fatores podem impedir a rinoplastia reparadora?

A rinoplastia reparadora é feita em narizes que passaram por traumas e podem contar com uma estrutura mais fragilizada. 

Por ter como foco a tentativa de corrigir certos problemas, como dissemos, nem sempre é possível chegar ao resultado esperado. Isso porque, é preciso considerar cada caso e suas particularidades. 

Além disso, existem certos detalhes que podem afetar esse procedimento e até mesmo dificultar sua execução. Veja mais. 

O tipo de pele

O tipo de pele é um fator que pode afetar uma rinoplastia, pois dependendo da sua característica, o cirurgião deve adotar posturas específicas. Logo, há diferenças quando a pele é fina, normal ou grossa. 

Uma pele com consistência muito fina, por exemplo, é ainda mais delicada. Por isso, o profissional deve ter um cuidado redobrado. 

A dimensão das cicatrizes preexistentes

Um nariz que já passou por algum tipo de trauma também pode contar com cicatrizes. E saiba que detalhes como esse também importam durante uma cirurgia. 

Afinal de contas, essas cicatrizes estarão presentes naquela estrutura nasal e o médico saberá que a região já passou por alguma intervenção. Inclusive, pode ser uma região mais sensibilizada. 

Há casos em que o nariz nem possui uma quantidade de tecidos suficiente para que mudanças sejam feitas. O que pode depender do trauma e cirurgias anteriores que foram feitas na região. 

Não é à toa que existem situações em que o cirurgião utiliza enxertos. Assim, ele precisa retirar cartilagens de outras partes do corpo para implantes no nariz.

Com a rinoplastia reparadora é possível ter um nariz harmoniosol

A capacidade respiratória do paciente

Mais um detalhe importante que o cirurgião deve analisar é a capacidade respiratória do paciente. 

Isso porque, mesmo que a rinoplastia ajude a resolver esses problemas, há casos que podem existir limites anatômicos. 

Desse modo, se o dano for muito complexo, capaz de trazer grandes problemas de respiração, nem sempre o cirurgião autoriza a intervenção de forma fácil. 

Portanto, é fundamental que haja a análise do profissional para determinar se o procedimento será seguro e capaz de oferecer um bom resultado. 

Como saber se preciso de uma rinoplastia reparadora?

Até aqui, você pôde entender como a rinoplastia reparadora funciona. Mas se ainda há dúvidas se você realmente precisa desse procedimento, é ideal contar com a ajuda de um profissional. 

Por meio de uma consulta, o especialista será capaz de entender o seu caso e analisar a sua estrutura nasal. 

Dessa forma, ele terá uma visão mais completa sobre o trauma sofrido e pode fazer indicações pertinentes para a situação.

Sendo assim, procure um cirurgião especialista caso você tenha sofrido algum trauma, seja por acidente, doença ou demais procedimentos. Logo, caso haja questões funcionais ou estéticas, ele poderá saber quais atitudes tomar. 

Rinoplastia reparadora é com o Dr. Erick Oliveira!

Viu só como a rinoplastia reparadora pode ajudar muito uma pessoa que possui algum tipo de deformidade na região do nariz? Por meio dela é possível reparar lesões que afetaram a estrutura nasal. 

Então, se você está em busca de um cirurgião competente, precisa conhecer o Dr. Erick Oliveira

Com anos de experiência no mercado e fellowship nos Estados Unidos, Dr. Erick possui todo o preparo para lhe atender da melhor forma.

Inclusive, ele conta com uma clínica completa, com ambiente aconchegante para lhe receber. Agende agora a sua consulta